23 de mar de 2012

Resenha: 4 de Julho


Esse livro é de uma série chamada Clube das Mulheres contra o Crime. Contudo tem início, meio e fim. Não é necessário ler os anteriores para entender os personagens. Eu só posso dizer uma coisa da narrativa de James Patterson: DIVINA. Sim, eu adoro o gênero policial e esse autor conta a história com maestria.
A tenente Lindsay Boxer trabalha no departamento de polícia de São Francisco e está com um sério problema. Um serial killer está matando adolescentes e escrevendo “NINGUÉM SE IMPORTA”. O único problema é que esse era o mesmo modus operandi de um caso antigo, o Anônimo 24. Os mortos foram chicoteados com algo que esfolou as nádegas e tiveram sua garganta rasgada de fora a fora.
Após Lindsay e seu parceiro Warren Jacobi vistoriarem a cena do crime, conversaram com uma prostituta que por 20 dólares daria a placa do carro. Com o pagamento de 10 eles levaram 3 dígitos da placa e com isso acharam um Mercedes preto em nome do Dr. Andrew Cabot.
Fim de expediente girl’s night. Lindsay se encontrava com suas melhores amigas, Caire e Cindy, no mesmo bar de sempre, o Susie’s, e lá discutiam os casos e elas achavam um ponto ou algo que a tenente Boxer não conseguiu ver. Outra perspectiva. Contudo após uma rodada de marguerita seu parceiro ligou e avisou que acharam o Mercedes em um bairro de classe baixa.
Saindo do bar Jacobi perguntou o quanto ela tinha bebido, Linds falou que 1 copo e que estava em suas faculdades. Porém a perseguição não acabou como o esperado. No volante estavam dois adolescentes, Sara e Sam Cabot. Com o acidente por causa da freada os air bags inflaram e o que era perseguição virou salvamento. Todavia os adolescentes estavam armados e dispararam contra os policiais.
Jacobi e Boxer foram atingidos. Sara morreu. Sam foi baleado. Lindsay foi acusada formalmente por ter atirado e matado Sara e deixado seu brilhante irmão numa cadeira de rodas tetraplégico. Um julgamento. Tudo o que ela não precisava. Estava de licença. Sua irmã Cat falou para tirar umas férias e ir pra sua casa. A cidade litorânea de Half Moon Bay. Engana-se quem pensa que Linds ficaria sem fazer nada. A cidade está sofrendo com assassinatos.
A Verdade, o Investigador e o Guardião estavam planejando mais um assassinato. Quem seriam as próximas vítimas? Visto que eram somente casais as vítimas do grupo. Lindsay tem que lidar com seu julgamento, os crimes e uma suposta perseguição. Fora cuidar de um porco, um cachorro e de seu namorado. O que acontecerá com a tenente?
  

Nota da Milena: Uma palavra define: DIVINO. É só isso que tenho pra falar. Eu gostei desse livro. Um livro policial que você devora e se apaixona por seus personagens e luta por eles. Uma série super recomendada. Fica a dica de um ótimo livro policial!

Nota:



Serviço:



Título Original: 4th of July
Autor: James Patterson e Maxine Paetro
Tradução: Marcelo Mendes
ISBN 9788580410204
Gênero: Suspense, ficção americana
Páginas: 207
Formato: 16x23
Editora: Arqueiro




4 comentários:

  1. Amo James Patterson!!!
    Esse ainda não li mas quase caí em tentação outro dia porque na Saraiva os livros dele estão por R$ 19.90 !!! alguns por 16!!! vontade de comprar todos, gosto da forma como ele escreve!

    bjos
    Rafa Fustagno
    http://www.livrosminhaterapia.com/

    ResponderExcluir
  2. Gosto de livros desse genero *-*

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não me interessei pra ler nada desse autor, embora goste bastante do gênero. Quem sabe um dia?
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olha, nunca fui muito chegada nesse gênero. Essas coisas que envolvem morte, seria Killers e violência me dão arrepios (sério, quando chegou a parte em que você falou o que acontecia com os adolescentes que estavam fugindo me estômago revirou). Não curto muito isso não!
    Apesar de que também não dispenso um livro que te prende da primeira á ultima página.
    Um dilema que levarei comigo, até resolver comprar um livro do James Patterson!

    ResponderExcluir